sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Não vou em Modas




Lamentavelmente não me interesso minimamente por moda, perfumes, montras, malas, roupas, sapatos, maquilhagem etc. e tal…

Aquilo que sei, ou vou sabendo, chega-me e basta-me para ser feliz como sou – ou tentar porque esse é o meu único objectivo.

Não troco um Jornal de Economia, qualquer jornal diário, uma Focus, Sábado ou Visão por nenhuma revista tipo Máxima, Nova Gente etc. e tal… Adoro ver documentários, noticias de vários países e em várias línguas. Adoro conspirações mundiais, sociedades secretas, pesquisas sobre acontecimentos históricos, políticos e religiosos – resumindo chafurdar.

Sou capaz de ler enciclopédias sem stressar, basta-me não ter dinheiro para comprar livros que as enciclopédias estão á disposição lá em casa. Tenho uma colecção lindíssima de Contos Populares Portugueses para ler aos meus filhos antes de dormir eheheheh…

Compras??? O que é isso??? Odeio – pura e simplesmente ODEIO fazer compras, ver montras, não quero saber do último modelo seja do que for, de centros comerciais, de lojas de rua. Basicamente quando entro numa loja já sei o que quero e preciso e é entrar e sair…

Se calhar sou uma gaja por engano… mas um engano bastante grande porque me nasceram os tomates acima do umbigo!!!

(não se babem que estas não são minhas)

quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

Uma passagem

Ontem descobri mais uma coisa no intervalo de um jogo de moedas entre 3 encarnados.

Descobri que passar do plano terreno para o plano espiritual dói, fiquei triste, muito triste por todas as pessoas que morrem, por mim e pelo motivo pelo qual essa conversa teve inicio: o que a minha mãe queria que acontece-se no dia do seu velório.
Descobri que a passagem pode fazer sofrer muito porque a pessoa pode não estar preparada, pode não acreditar e pode ter tido uma vida sem ou com pouco mérito.

É muito difícil, mesmo para aqueles que trabalham para ganhar outra consciência, fazer a passagem para o plano espiritual, segundo o que entendi tudo depende do mérito que alcanças-te neste plano e de quem tens do outro lado que te possa ajudar a fazer a passagem.

Eu não tenho medo de morrer mas não queria que isso fosse de alguma forma uma fase de sofrimento. Não gosto nada de dor, de sofrer, de tristeza. Tenho por entendimento que estou nesta vida para ser feliz e essa é a minha luta que deixou de ser egoísta e individualista e passou a ser um desejo Universal.

Causa-me muita dor e muito sofrimento ouvir nas notícias da televisão que as pessoas no Mundo Árabe lutam por pão, água, arroz.
Antigamente lutavam por causas estúpidas e materiais, como conquista de terra, mais poder, mais dinheiro, mais bens materiais mas quando as pessoas lutam por terem fome a coisa torna-se muito complicada e causa-me um certo medo saber que podemos estar em espiral descendente. É horrível isto acontecer e eu estar preocupada com as minhas férias, sinto-me egoísta e frígida tento encolher os ombros, olhar para o lado e fingir que não vejo mas não sou capaz de ficar indiferente mas… aqui parei… que posso eu fazer?
Um irmão disse-me para emitir vibrações positivas e orar, eu fiz isso e faço mas sinto-me incompleta e por mais do que ele explique eu não consigo achar que estou a fazer algo de bom porque o que Irmão disse e tem razão: Isto é egocentrismo. Quem não sabe pode achar que sou humilde mas ao pensar que não faço nada de bom estou a ser egocêntrica porque o meu ego é tão grande que quero mudar o Mundo.

Tenho de falar com a minha mãe sobre a passagem dela para o Mundo Espiritual no dia do velório, ela vai entender e vai aceitar porque me ama e respeita. Mas é chato não poder haver um catering com danças de salão. Explicaram-me que o ritual do velório está correcto porque o encarnado precisa daquele amor e de vibrações positivas para desencarnar. Mesmo com o consentimento, em vida do morto (por desconhecimento) esta situação pode ser muito constrangedora e causar sofrimento – eu não quero que a minha mãe sofra, amo-a muito e preciso que ela esteja tranquila quando eu um dia lá chegar para me dar o famoso colo e para me amparar na minha dor.


Namastê

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Escola Mistica Iniciática

Tenho 38 anos, faço parte de uma Escola Mística Iniciática.

Sou aquilo a que as pessoas chamam médium.

Não sei se é isso que sou ou sei mas… sei que sou uma pessoa que procura o Deus que existe dentro de mim.

Sobre o que sinto e penso de uma forma mais espiritual é o que vou falar aqui.
Sobre a forma como entendo as coisas, sabendo que o meu entendimento é e pode ser diferente do entendimento das outras pessoas e nem mesmo nós, médiuns, entendemos o que nos é dito e transmitido da mesma maneira.

“O Meu Entendimento” é meu, não serve nem de guia, nem de lição, não pode servir porque não tenho conhecimentos nem pretensões de Mestre.

 Este é só o meu entendimento sobre as coisas do pequenino mundo espiritual que me está a ser dado a conhecer.


Namastê

Xutos e Pontapés


Quando decidi que iria fazer um blog tive de encontrar um tema, algo que tivesse a ver comigo, com a minha forma de pensar e de estar, com o meu passado e com o meu presente.
Escolhi a música "Este Mundo é Teu" dos Xutos e Pontapés porque os Xutos, pelo menos até á pouco tempo eram, escreviam e cantavam o que eu sentia, agora por voltas que a vida dá já não os oiço tanto mas eles continuam a representar o meu passado que me ajuda a construir o meu futuro, eles representam a minha adolescência, a minha construção de personalidade, o que amo e a forma como o faço.

Sobre eles talvez vá falando ao longo desta minha exposição pública e sobre alguma coisa que possa falar, mas será tudo sobre e nem tudo sobre mim se pode saber  J para eles todo o meu amor e todo o que tenho é pouco. Obrigada por existirem e por serem os Xutos na altura em que eu, adolescente procuro uma voz, um caminho, um grito, um coração, uma forma de amar.

Amar-te foi o de melhor que poderia ter acontecido na minha vida.
Nunca acreditei que o nosso amor pudesse sobreviver e acontecer neste Mundo porque nunca acreditámos que a fórmula fosse deste Mundo. Na altura não era uma “mística” mas sempre acreditei que vínhamos do passado e iríamos para o futuro sem passar nesta casa.

Hoje vivo um Grande Amor. Aconteceu na minha vida o que acontece a muito poucas pessoas que é sonhar uma pessoa e ela vir a tornar-se real mas ainda hoje oiço as vozes do passado!

sexta-feira, 4 de fevereiro de 2011

Viajar para o Egipto


Devido ao clima de tensão no Cairo, os preços das viagens para o Egipto baixaram 50% em compras antecipadas para Junho, Julho, Agosto e Setembro.
Foram excluidas todas as visitas ao Cairo e á agências a disponibilizar deslocações minimas de 3 dias a Sharm el Sheikh e Hurghada por mais 100€ por pessoa.

Depois cai da cama, levei um tombo e acordei!!!!...

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Noivado

 

Um dos meus grandes amigos anunciou, ontem, que está noivo de uma grande amiga minha... no Facebook.

Ao fim de 10 anos de namoro e de amizade fiquei contente por ter sido das primeiras a saber !!!

Á espera á espera á espera á espera

Há meses que deveriam obrigatoriamente de desaparecer do mapa e este poderia ser definitivamente um ou então arranjarem-me um chá de boa disposição com umas gotas de pachorra.
Para começar deveria de ser final do mês – tenho pressa em voltar a receber ...

A empresa de gestão de condomínios Península Condomínios na pessoa do Exmo. Sr. Heitor, que por sua vez até é meu colega de trabalho, ficou-me a dever-me 36,60€ porque o meu prédio rescindiu o contrato com a empresa dele. Ainda não vi o dinheiro que dei a mais, já reuni toda a documentação e infelizmente acho vou ter de me chatear. Até poderia ignorar mas acho injusto que as pessoas se safem com atitudes destas e vistas bem as coisas, este dinheiro paga metade da minha passagem de aviação para a Festa da Flores na Madeira. LOL


A empresa de condomínios que actualmente gere o prédio, a Orguestudo, demorou desde Novembro de 2010 a enviar-me o recibo do pagamento, apesar dos vários pedidos que fiz por email. Parece que enviaram mas.. para a morada errada, é de estranhar porque já tinham enviado correspondência para a  actual morada.
Resultado: recebi agora o recibo por carta registada, que não sei quem vai pagar e lá vinha o seguro multi-riscos contratado pelo edifício para as áreas comuns. Pedi-lhes informações sobre o mesmo porque a circular diz uma coisa, a acta diz outra, nunca recebi as condições do seguro e tenho de ver se tenho condições cruzadas com o seguro da casa para anular alguma, que me vai reduzir custos e se o seguro é anual (como parece ser) não tenho o comprovativo para as finanças do pagamento do mesmo.
Estou farta de lhes fazer um desenho, mas nem linguagem gestual eles entendem e mandaram-me esperar até 16 de Fevereiro quando tenho reunião de condóminos… esperar??? Ya… estou a espera desde Novembro e acho que eles não entendem que eu lhes estou a pagar para me prestarem um serviço e esse serviço não está a ser feito…. Mandaram-me ESPERAR – eu pago para esperar á espera    á espera   á espera    á espera



Estou a ficar maluca e a tentar respirar fundo: inspira-expira-inspira-expira    ainda estou viva!!
Escrevi uma carta para o Presidente da Junta de Freguesia onde resido a solicitar a ajuda do mesmo para algumas falhas que se têm prolongado e agravado com os anos e que me causam arrepios. Sua Excelência liga-me e combinamos uma coisa… estou á espera desde Dezembro:  á espera      á espera      á espera      á espera.
Cansada de esperar escrevi, em nome do meu companheiro, um email, com fotos, desenhos, etc  – tinha bonecos pah era impossível de não se compreender – solicitei mais uma vez ajuda do Presidente para pôr pins verdes na entrada do prédio porque as pessoa fazem daquilo estacionamento e tem vindo a piorar, inclusivamente já destruíram um pequeno jardim (que supostamente é da responsabilidade da Junta); informei-o mais uma vez que estão 2 carros parados á vários meses e ainda por cima um deles já não tem nem seguro, nem inspecção; pedi-lhe mais uma vez para tirar a borracheira que alguém plantou á vários anos e que a Junta (responsável pela jardinagem) deixou crescer ao ponto de estar a começar a danificar o pavimento e ainda… pedi mais uma vez que retira-se a árvore que eles plantaram na parte lateral do prédio porque o está a danificar. Resultado: á espera   á espera   á espera   é espera
…e pior o Presidente já me acusou de reclamar e não colaborar… eu explico: quando me mudei para ali passei-me literalmente e como tive uma doença que se chama Ataques de Pânico quando stressava mandava estalo para todo o lado sem olhar a quem e como o fazia. Depois pedi-lhe desculpa pela minha atitude e até gostei da postura colaborante do mesmo, do interesse e da vontade mas estou…..á espera...…á espera...…á espera


Inspira   expira   inspira   expira   inspira   expira   inspira   expira

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

Deixei de fumar no dia 1 de Julho de 2010, não me drogo e pouco bebo. 

Peço que ninguém se lembre de condenar ou taxar o sexo porque senão vou presa por desrespeito á autoridade.

Bem-Vindos